OBJETIVOS DO BLOGUE

Olá, bem-vindo ao blog "Chaves para a Sabedoria". A página objetiva compartilhar mensagens que venham a auxiliar o ser humano na sua caminhada espiritual. Os escritos contém informações que visam fornecer elementos para expandir o conhecimento individual, mostrando a visão de mestres e sábios, cada um com a sua verdade e experiência. Salientando que a busca pela verdade é feita mediante experiências próprias, servindo as publicações para reflexões e como norte e inspiração na busca da Bem-aventurança. O blog será atualizado diariamente com postagens de textos extraídos de obras sobre o tema proposto. Não defendemos nenhuma religião em especial, mas, sim, a religiosidade e a evolução do homem pela espiritualidade. A página é de todos, naveguem a vontade. Paz, luz, amor e sabedoria.

Osmar Lima de Amorim


quinta-feira, 16 de julho de 2015

O KARMA NÃO É PUNIÇÃO (1ª PARTE)

"'Quantas formas o karma é capaz de assumir?', perguntou um fiel, pensando, talvez, nas sentenças fixadas em simples julgamentos nos tribunais.

'Você está confundindo karma com punição', replicou o Mestre. Depois, sorrindo, acrescentou: 'Muitos cometem esse erro. Mas karma significa apenas ação.

'A ação pode ser de muitos tipos, e pode ser intrinsecamente boa, má ou neutra; a ação neutra por vezes serve como uma transição entre a boa e a má ação. O próprio Universo, de acordo com as Escrituras hindus, é um misto de de três qualidades, ou gunas, como são chamadas: o princípio bom, o princípio ativo e o princípio mau.

'A qualidade boa, chamada de sattwa guna, eleva a consciência até a sua fonte em Deus. A qualidade capaz de ativar, chamada de rajas ou raja guna, e só isso: ela estimula as pessoas a agirem em benefício do ego, embora não necessariamente em termos de uma ação ruim. 

'O guna ruim é chamado de tamas. Ele é ruim porque obscurece a compreensão das coisas.

'A maior parte dos seres humanos é materialista. Age visando o lucro pessoal. Poucos procedem dessa forma com vontade de prejudicar os outros; poucas pessoas são verdadeiramente más.

'As consequências da ação são tão variadas quanto os próprios atos. (...)"

(Paramhansa Yogananda - A Sabedoria de Yogananda, A Essência da Autorrealização - Ed. Pensamento, São Paulo, 2012 - p. 79)
www.editorapensamento.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário