OBJETIVOS DO BLOGUE

Olá, bem-vindo ao blog "Chaves para a Sabedoria". A página objetiva compartilhar mensagens que venham a auxiliar o ser humano na sua caminhada espiritual. Os escritos contém informações que visam fornecer elementos para expandir o conhecimento individual, mostrando a visão de mestres e sábios, cada um com a sua verdade e experiência. Salientando que a busca pela verdade é feita mediante experiências próprias, servindo as publicações para reflexões e como norte e inspiração na busca da Bem-aventurança. O blog será atualizado diariamente com postagens de textos extraídos de obras sobre o tema proposto. Não defendemos nenhuma religião em especial, mas, sim, a religiosidade e a evolução do homem pela espiritualidade. A página é de todos, naveguem a vontade. Paz, luz, amor e sabedoria.

Osmar Lima de Amorim


quinta-feira, 28 de novembro de 2019

A DESORDEM QUE O TEMPO CRIA

Resultado de imagem para A DESORDEM QUE O TEMPO CRIA"Tempo significa mover-se do que existe para 'o que deveria existir'. Eu tenho medo, mas um dia me livrarei dele. Por isso, o tempo é necessário para nos libertarmos do medo - pelo menos, é o que achamos. Mudar do que existe para 'o que deveria existir' envolve tempo. Ora, o tempo implica esforço nesse intervalo que o que existe e 'o que deveria existir'. Não gosto do medo e vou fazer um esforço para entendê-lo, analisá-lo, dissecá-lo, ou vou descobrir a casa dele ou vou escapar totalmente dele. Tudo isso implica esforço - e esforço é aquilo com que estamos acostumados. Estamos sempre em conflito entre o que existe e 'o que deveria existir'. Aquilo 'que deveria ser' é uma ideia, e a ideia é fictícia, não é 'o que sou', que é o fato; e 'o que eu sou' só pode ser modificado quando eu entender a desordem que o tempo cria.

Então, será possível me livrar total e completamente do medo no momento? Se eu permitir que o medo continue, vou criar desordem o tempo todo; por isso, vê-se que o tempo é um elemento de desordem, não um meio de nos livrarmos fundamentalmente do medo. Então, não há um processo gradual de nos livrarmos do veneno do nacionalismo. Se você é nacionalista e diz que finalmente haverá a fraternidade do homem, haverá guerras, ódio, infelicidade - enfim, toda essa terrível divisão entre os homens. Por isso, o tempo está criando desordem."


(Krishnamurti - O Livro da Vida - Ed. Planeta do Brasil Ltda., São Paulo, 2016 - p. 315)


Nenhum comentário:

Postar um comentário