OBJETIVOS DO BLOGUE

Olá, bem-vindo ao blog "Chaves para a Sabedoria". A página objetiva compartilhar mensagens que venham a auxiliar o ser humano na sua caminhada espiritual. Os escritos contém informações que visam fornecer elementos para expandir o conhecimento individual, mostrando a visão de mestres e sábios, cada um com a sua verdade e experiência. Salientando que a busca pela verdade é feita mediante experiências próprias, servindo as publicações para reflexões e como norte e inspiração na busca da Bem-aventurança. O blog será atualizado diariamente com postagens de textos extraídos de obras sobre o tema proposto. Não defendemos nenhuma religião em especial, mas, sim, a religiosidade e a evolução do homem pela espiritualidade. A página é de todos, naveguem a vontade. Paz, luz, amor e sabedoria.

Osmar Lima de Amorim


quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

SUPERE A PREOCUPAÇÃO


“Todos precisam deixar de lado as preocupações e entrar em absoluto silêncio toda manhã e toda noite. Nessas ocasiões, tente ficar um minuto sem pensar em seus problemas. Concentre-se na paz que há dentro de você. Em seguida, tente concentrar-se por diversos minutos nessa paz interior. Depois pense em um acontecimento que lhe tenha dado felicidade e demore-se nele, visualizando-o. Reviva mentalmente a experiência agradável, reiteradamente, até que tenha afastado por completo suas preocupações.

Se por um instante pudéssemos perceber o efeito sobre nós das cargas que colocamos frequentemente sobre nossa mente, talvez ficássemos surpresos de não termos tido um colapso há muito tempo. Impondo à nossa mente o ônus de todos os tipos de preocupações e ansiedade, logo ficamos oprimidos por essa carga. Como resultado, insinua-se o temor e perdemos nossa disposição mental e nosso equilíbrio espiritual.

Nosso problema é que, em vez de vivermos só no presente, tentamos viver no passado e no futuro ao mesmo tempo. Essas cargas são pesadas demais para a mente, por isso devemos restringi-las. O passado já se foi. Por que continuar a carregá-lo na mente? Deixe que ela cuide de seus fardos, um de cada vez.

O cisne como apenas os sólidos contidos no líquido que ele recolhe em seu bico. Da mesma forma, deveríamos nos lembrar apenas das lições que aprendemos no passado e esquecer os detalhes inúteis. Isso aliviará muito a mente e eliminará as preocupações.

A preocupação pode ser comparada a um inseto que se alimenta no interior de uma flor. Quando as pétalas se fecham sobre ele, morrem tanto a flor quanto o inseto. A preocupação consome toda a nossa vitalidade interna sem que o percebamos conscientemente. Quando despertamos para o que está acontecendo, já se fez o prejuízo, que pode ter efeito de grande alcance sobre o sistema nervoso.”

(Paramahansa Yogananda – Paz Interior – Ed. Self-Realization Feloowship – p. 85/87)


Nenhum comentário:

Postar um comentário