OBJETIVOS DO BLOGUE

Olá, bem-vindo ao blog "Chaves para a Sabedoria". A página objetiva compartilhar mensagens que venham a auxiliar o ser humano na sua caminhada espiritual. Os escritos contém informações que visam fornecer elementos para expandir o conhecimento individual, mostrando a visão de mestres e sábios, cada um com a sua verdade e experiência. Salientando que a busca pela verdade é feita mediante experiências próprias, servindo as publicações para reflexões e como norte e inspiração na busca da Bem-aventurança. O blog será atualizado diariamente com postagens de textos extraídos de obras sobre o tema proposto. Não defendemos nenhuma religião em especial, mas, sim, a religiosidade e a evolução do homem pela espiritualidade. A página é de todos, naveguem a vontade. Paz, luz, amor e sabedoria.

Osmar Lima de Amorim


terça-feira, 14 de outubro de 2014

A RESPOSTA ESTÁ NO PASSADO

"Você reclama que seu vizinho iniciou a disciplina espiritual há dois anos somente, enquanto você a tem mantido durante vinte anos, e não obstante, ele já está desfrutando felicidade, enquanto você permanece infeliz. Você se ressente porque, embora vindo a Mim desde há muitos anos, eu chamo para perto exatamente aqueles que só recentemente vieram. Suas reações o induzem a ver nisto injustiça e parcialidade. A resposta no entanto se encontra no passado, do qual você não tem conhecimento. Vinte golpes de martelo foram dados por um homem sobre um pedregulho, mas o pedregulho resistiu. Um outro veio a seguir e, em seu segundo golpe, partiu o bloco. O homem que deu as vinte marteladas está desapontado, e o segundo, exultante. O pedregulho arrebentou, no entanto, como resultado dos vinte e dois golpes, por efeito cumulativo. A pessoa que está a seu lado tem a seu crédito vinte anos de sadhana armazenados em seu corpo causal¹, no qual ele veio de seus prévios nascimentos até o nascimento presente. Quanto a você, sua natureza e predileções são confeccionadas pelo modo como amou, se conformou, se alimentou e lutou, na longa série de vidas que já teve.²"

¹ O ser humano é composto por três corpos: a) o corpo denso (sthula sarira), que é composto pelos cinco elementos (éter, ar, fogo, água e terra); b) o corpo sutil (sukshma sarira), formado pelos órgãos dos sentidos (os da percepção e os da ação), os cinco pranas (energias fisiológicas) e a mente; c) o corpo causal (karana sarira), o qual funciona como um depósito das experiências colhidas pelo exercício do agir (karma) em encarnações anteriores e determinantes das experiências reencarnacionais vindouras. As boas ações armazenam sementes boas; as más, sementes más. As sementes boas, no corpo causal, tornam-se 'causas' de condições e coisas auspiciosas. As más sementes, resultado de ações más, armazenadas no corpo causal, germinarão sofrimento. O corpo físico é o instrumento material, que o corpo sutil vivifica e sente. As ações realizadas pelo corpo físico geram as 'sementes' que o corpo causal armazena. Tais sementes conservam, no armazenamento, seu poder germinativo, e quando condições propícias (no plano físico) ocorrem, elas germinam (no plano físico). Assim, o homem que arrebentou a pedra com apenas duas pancadas tinha, acumuladas, em seu corpo causal as condições de realizar aquela proeza. Ele acumulara no corpo causal tais boas condições porque, através de várias encarnações anteriores, praticara a disciplina. Os corpos físico e sutil, em cada nascimento, são confeccionados conforme as 'sementes' cármicas. Corpo causal é como que uma 'programação'.
² A parábola dos trabalhadores da última hora, narrada por Cristo e mais a expressão paradoxal 'os últimos serão os primeiros e os primeiros serão os últimos' podem ser decodificadas com este ensinamento de Sai Baba.

(Sathya Sai Baba - Sadhana O Caminho Interior - Ed. Nova Era, Rio de Janeiro, 1993 - p. 21)


Nenhum comentário:

Postar um comentário