OBJETIVOS DO BLOGUE

Olá, bem-vindo ao blog "Chaves para a Sabedoria". A página objetiva compartilhar mensagens que venham a auxiliar o ser humano na sua caminhada espiritual. Os escritos contém informações que visam fornecer elementos para expandir o conhecimento individual, mostrando a visão de mestres e sábios, cada um com a sua verdade e experiência. Salientando que a busca pela verdade é feita mediante experiências próprias, servindo as publicações para reflexões e como norte e inspiração na busca da Bem-aventurança. O blog será atualizado diariamente com postagens de textos extraídos de obras sobre o tema proposto. Não defendemos nenhuma religião em especial, mas, sim, a religiosidade e a evolução do homem pela espiritualidade. A página é de todos, naveguem a vontade. Paz, luz, amor e sabedoria.

Osmar Lima de Amorim


sábado, 1 de março de 2014

ELE É BOM - CRUCIFICA-O

"Amigo ignoto, ouve e escuta a mais dura lição que humanos ouvidos podem ouvir!

Depois de prestares à humanidade todos os benefícios que puderes –

Depois de lhe ofereceres em holocausto mocidade e saúde, fortuna e saber –

Depois de esgotares o derradeiro átomo de energia e extinguires, a serviço dos outros, a última luz dos teus olhos –

Depois de tudo isso, amigo ignoto, aguarda um inferno de ingratidão!

Ninguém pratica impunimente o bem – neste mundo imundo...

Ninguém planta roseiras – sem ferir as mãos nos espinhos...

Ninguém ilumina inteligências juvenis – sem ser por elas explorado quando velho.

Ninguém leva outros ao cume do ideal – sem que eles tentem despenhá-lo ao abismo.

Ninguém abre as pupilas a cegos – sem que eles, quando videntes, lhe arranquem os olhos.

Ninguém dá de comer a famintos – sem que estes quando fartos, o devorem...

Ninguém ‘atira pérolas aos porcos – sem que estes lhe metam as patas e o dilacerem’.

Ninguém abençoa crianças inocentes – sem que estas, quando adultos, o posponham a Barrabás...

Ninguém cura cegos, surdos, mudos, coxos, leprosos, aleijados – sem que estes suspendam na cruz seu benfeitor...

Ninguém ressuscita Lázaros, jovens de Naim e filhas de Jairo – sem que estes, redivivos, lhe tirem a vida...

Ninguém prega doutrinas divinas nem ensina mistérios celestes – sem que seja tachado de louco varrido ou aliado de belzebu...

Ninguém mostra aos homens o caminho da verdade e da vida – sem que os homens lhe apontem o caminho do exílio...

Convence-te disso, meu ignoto amigo:

Existe uma misteriosa lei de polarização.

Assim como ao polo elétrico positivo corresponde um polo negativo, e tanto mais negativo quanto mais positivo for aquele –

Assim como as trevas são tanto mais espessas quanto mais intensa é a luz –

Assim como às mais altas montanhas da terra correspondem os mais profundos abismos do mar –

Assim deve também aos mais insignes benefícios corresponder a mais infame ingratidão...

Desde que o Nazareno sofreu pelo maior de todos os bens todos os males – vigora essa lei estranha, esse paradoxo dos paradoxos...

Desterra, pois, de ti esse desejo impuro de justiça!

Injustiça é pão cotidiano – justiça é iguaria de festa...

Ingratidão é regra geral – gratidão é feliz exceção...

Seja tão potente a força do teu espírito, seja tão pujante a juventude de tua alma – que nenhuma ingratidão te faça ingrato!

Nenhuma derrota te faça derrotista!

Nenhuma amargura te faça amargo!

Nenhuma injustiça te faça injusto!"


(Huberto Rohden – De Alma para Alma – Ed. Martin Claret, São Paulo, 2005 – p. 161/162)
www.martinclaret.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário