OBJETIVOS DO BLOGUE

Olá, bem-vindo ao blog "Chaves para a Sabedoria". A página objetiva compartilhar mensagens que venham a auxiliar o ser humano na sua caminhada espiritual. Os escritos contém informações que visam fornecer elementos para expandir o conhecimento individual, mostrando a visão de mestres e sábios, cada um com a sua verdade e experiência. Salientando que a busca pela verdade é feita mediante experiências próprias, servindo as publicações para reflexões e como norte e inspiração na busca da Bem-aventurança. O blog será atualizado diariamente com postagens de textos extraídos de obras sobre o tema proposto. Não defendemos nenhuma religião em especial, mas, sim, a religiosidade e a evolução do homem pela espiritualidade. A página é de todos, naveguem a vontade. Paz, luz, amor e sabedoria.

Osmar Lima de Amorim


segunda-feira, 16 de setembro de 2013

SONETOS

"Nos sonetos, encontramos o tom mais lírico de Sri Aurobindo. Eles são o veículo poético de algumas de suas experiências espirituais em linguagem ‘curiosamente simples e apaixonadamente rica’ (...)

Ó Tu de quem sou instrumento!
Ó Espírito, ó Natureza secreta que em mim habitas!
Que todo o meu ser mortal se dissolva agora em Tua silenciosa glória divina!
Fiz de minha mente o canal de Tua mente, fiz de minha vontade a Tua vontade.
Não consintas que nenhuma parte de mim fique excluída de nossa mística e inefável união
Meu coração palpitará com as pulsações universais do Teu amor, meu corpo será Teu instrumento a ser usado na Terra.
Por meus nervos e veias circularão os fluidos do Teu êxtase.
Meus pensamentos buscarão a Luz que libera Teu poder.
Conserva ao menos minha alma para adorar-Te eternamente
E encontrar-Te em cada forma, em cada uma de Tuas almas.

Eis aí um exemplo gracioso de fusão mística, de entrega total à Vontade suprema, onde se destaca o anelo do apaixonado que não quer perder-se na indiferenciação do Oceano, pois prefere continuar gozando a presença do Amado/a. A Iluminação não implica necessariamente a perda total da individualidade, apenas da pseudoindividualidade egoica, que se vê substituída pela verdadeira identidade anímico-espiritual. (...)"

(Vicente Merlo - Os Ensinamentos de Sri Aurobindo – O Yoga Integral e o Caminho da vida - Ed. Pensamento, São Paulo, 2010 - p. 141/143)


Nenhum comentário:

Postar um comentário