OBJETIVOS DO BLOGUE

Olá, bem-vindo ao blog "Chaves para a Sabedoria". A página objetiva compartilhar mensagens que venham a auxiliar o ser humano na sua caminhada espiritual. Os escritos contém informações que visam fornecer elementos para expandir o conhecimento individual, mostrando a visão de mestres e sábios, cada um com a sua verdade e experiência. Salientando que a busca pela verdade é feita mediante experiências próprias, servindo as publicações para reflexões e como norte e inspiração na busca da Bem-aventurança. O blog será atualizado diariamente com postagens de textos extraídos de obras sobre o tema proposto. Não defendemos nenhuma religião em especial, mas, sim, a religiosidade e a evolução do homem pela espiritualidade. A página é de todos, naveguem a vontade. Paz, luz, amor e sabedoria.

Osmar Lima de Amorim


terça-feira, 10 de setembro de 2013

A SAÚDE MENTAL DO HOMEM

"Sangue, fleugma e bile, por sua predominância e proporções, determinam a saúde física do homem. Assim também há três qualidades que, por sua predominância e proporções, estabelecem a saúde mental do homem. 

Exatamente como você obedece às regras de saúde física por medo de cair doente, também deve praticar certas restrições e normas mentais, tanto que possa manter paz, contentamento, alegria, entusiasmo e fé. Tem de frear a mente caprichosa, tanto que ela não o possa arrastar para o desastre. Você tem sempre que agir na fresca sombra de dois receios: o receio do pecado e o receio de Deus.¹ Você não se lembra de que você é genuína e realmente Paz (Shanti) e Felicidade (Ananda), de que fundamentalmente é (e portanto mentalmente também) Verdade (Sathya), Eternidade (Nithya) e Pureza (Nirmala).

A ansiedade e o medo, que tanto toldam a vida, são causados por esta amnésia. O propósito do Senhor é que você desfrute Santhi e Ananda, a cada momento de sua vida. Mas você esquece as fontes que brotam dentro de si e que têm sua origem na Divindade residente no santuário do coração. E você suspira pelo que sente que não tem!"

¹. Baba sempre recomenda - "medo ao pecado e amor a Deus". Aqui ele não está sugerindo o famoso e mal compreendido "temor a Deus". Deus não é para ser temido, mas amado acima de tudo. O que é recomendado é o receio de ficar ao longe, alienado d'Ele pela força da amnésia e pela sedução do mundo. 

(Sathya Sai Baba - Sadhana O Caminho Interior - Ed. Nova Era, Rio de Janeiro, 1989 - p. 158/159)


Nenhum comentário:

Postar um comentário