OBJETIVOS DO BLOGUE

Olá, bem-vindo ao blog "Chaves para a Sabedoria". A página objetiva compartilhar mensagens que venham a auxiliar o ser humano na sua caminhada espiritual. Os escritos contém informações que visam fornecer elementos para expandir o conhecimento individual, mostrando a visão de mestres e sábios, cada um com a sua verdade e experiência. Salientando que a busca pela verdade é feita mediante experiências próprias, servindo as publicações para reflexões e como norte e inspiração na busca da Bem-aventurança. O blog será atualizado diariamente com postagens de textos extraídos de obras sobre o tema proposto. Não defendemos nenhuma religião em especial, mas, sim, a religiosidade e a evolução do homem pela espiritualidade. A página é de todos, naveguem a vontade. Paz, luz, amor e sabedoria.

Osmar Lima de Amorim


quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

SIGNIFICADO DE RESPONSABILIDADE

"Temos que começar a gostar de trabalhar. O homem que sai e dorme na praça, que não tem responsabilidades e não se interessa por ninguém mais, não é o ideal. Fomos de um extremo a outro. Temos de aprender a ser seres humanos responsáveis. Isso é o que Deus espera de nós. 

"Ser responsável" significa expressar o que somos - todas aquelas qualidades que têm relação com a alma. E quando começamos a fazer isso, então estamos vivendo neste mundo como Deus planejou que o homem vivesse. Realizamos todas as nossas ações com a mente fixa Nele. 

Como na história de Sukadeva e Rei Janaka, aprenda a manter a atenção constantemente no óleo da percepção divina enquanto cumpre todos os seus deveres neste mundo.* Mova-se na vida, cumprindo - não evitando! - todos os deveres que Deus lhe envia cada dia. Use-os como uma oferenda a Ele: "Meu Senhor, não posse Te dar ouro. Não posso Te dar sabedoria. Não há nada que eu possa Te dar, pois já tens tudo. O que posse Te dar, meu Senhor? Posso Te dar meu humilde serviço, todos os dias de minha vida. Onde quer que eu possa plantar as sementes das boas intenções, onde quer que eu possa ser um pacificador, onde quer que eu possa falar construtivamente, onde quer que eu possa fazer algum bem, ali não estou servindo a mim - estou servindo a Ti."

* Para testá-lo antes de aceitá-lo como discípulo, o grande santo Rei Janaka exigiu que o jovem Sukadeva percorresse o palácio carregando na palma da mão uma lamparina de azeite completamente cheia. A condição para passar no teste era que Sukadeva observasse minuciosamente (e depois relatasse ao rei) todos os detalhes de cada sala do palácio, sem derramar uma gota do azeite. 

(Sri Daya Mata - Só o Amor - Self-ealization Fellowship - p. 140/141)


Nenhum comentário:

Postar um comentário