OBJETIVOS DO BLOGUE

Olá, bem-vindo ao blog "Chaves para a Sabedoria". A página objetiva compartilhar mensagens que venham a auxiliar o ser humano na sua caminhada espiritual. Os escritos contém informações que visam fornecer elementos para expandir o conhecimento individual, mostrando a visão de mestres e sábios, cada um com a sua verdade e experiência. Salientando que a busca pela verdade é feita mediante experiências próprias, servindo as publicações para reflexões e como norte e inspiração na busca da Bem-aventurança. O blog será atualizado diariamente com postagens de textos extraídos de obras sobre o tema proposto. Não defendemos nenhuma religião em especial, mas, sim, a religiosidade e a evolução do homem pela espiritualidade. A página é de todos, naveguem a vontade. Paz, luz, amor e sabedoria.

Osmar Lima de Amorim


sábado, 2 de fevereiro de 2013

DEFINIÇÃO UNIVERSAL DE RELIGIÃO


“ (...) quando remontamos às mais afastadas origens dos motivos das ações de todos os homens, encontramos a mesma motivação básica para todos: remoção da dor e obtenção da Bem-aventurança. Sendo esse um objetivo universal, precisa ser considerado como o mais necessário. E o que é universal e mais necessário para o homem é, naturalmente, religião para ele. Daí a religião consistir necessariamente na permanente remoção da dor e na experiência da Bem-aventurança ou Deus. E as ações que precisamos adotar para evitar permanentemente a dor e experimentar a Bem-aventurança ou Deus são chamadas religiosas. Se compreendemos religião nesses termos, torna-se óbvia a sua universalidade. Pois ninguém pode negar que deseja evitar definitivamente a dor e alcançar permanente Bem–aventurança. Isso precisa ser universalmente admitido, porquanto ninguém pode contradizer essa verdade. A própria existência do homem está com ela comprometida.

Todos querem viver porque amam a religião. Mesmo o homem que comete suicídio age também movido por esse mesmo amor; por esse ato, ele espera alcançar um estado mais feliz do que encontra enquanto está vivendo. De qualquer modo, pensa em livrar-se de uma dor que o importuna. Nesse caso sua religião é grosseira, mas não deixa de ser religião. O objetivo desse homem é perfeitamente justo e coincide com o de todas as pessoas; pois todos querem obter a felicidade ou Bem-aventurança. Entretanto, o método que o suicida empregou é insensato. Por ignorância ele não distingue o que realmente o levará à Bem-aventurança, a meta de todos os homens.”

(Paramahansa Yogananda – A Ciência da Religião – Self-Realization Fellowship - p 12/13)


Nenhum comentário:

Postar um comentário