OBJETIVOS DO BLOGUE

Olá, bem-vindo ao blog "Chaves para a Sabedoria". A página objetiva compartilhar mensagens que venham a auxiliar o ser humano na sua caminhada espiritual. Os escritos contém informações que visam fornecer elementos para expandir o conhecimento individual, mostrando a visão de mestres e sábios, cada um com a sua verdade e experiência. Salientando que a busca pela verdade é feita mediante experiências próprias, servindo as publicações para reflexões e como norte e inspiração na busca da Bem-aventurança. O blog será atualizado diariamente com postagens de textos extraídos de obras sobre o tema proposto. Não defendemos nenhuma religião em especial, mas, sim, a religiosidade e a evolução do homem pela espiritualidade. A página é de todos, naveguem a vontade. Paz, luz, amor e sabedoria.

Osmar Lima de Amorim


sexta-feira, 12 de setembro de 2014

TUDO É BRAHMAN (PARTE FINAL)

"(...) Ninguém conhece o mistério que é a corrente elétrica; não se sabe por que se comporta dessa forma; não se conhece a exata natureza de sua origem e de seu fluxo. Não obstante tudo isso, ela é manipulada para milhares de usos, e se manifesta através de milhares de aplicações e instrumentos. Assim também, Deus É presente em toda parte, mas podemos compreender somente aquela parte d'Ele que se manifesta diante de nossa percepção. Pessoas comuns jurarão que a terra absolutamente não se move; ela é tida como símbolo de estabilidade. No entanto, tem dois movimentos, ambos incrivelmente rápidos! Gira em torno de seu eixo numa velocidade que excede 1.500 km horários, e enquanto gira sobre si mesma, move-se em redor do Sol numa velocidade estonteante! Mas tomamos conhecimento do que se passa? Deus também é uma realidade sempre presente dentro de nós e de cada ser, mas O perdemos de vista como perdemos de vista o mover-se da terra. Temos de O inferir através das provas e da evidência de Sua Providência, de Sua Graça, de Sua Majestade e de Sua Glória, exatamente como inferimos os movimentos do planeta, da lua, das estrelas pela observação sobre o céu, sobre as estações e o suceder de dias e noites. Impossível é descrever Deus usando o vocabulário que aprendemos do mundo. Temos de experienciar a Bem-aventurança ou realizá-la como sendo o íntimo de nosso ser. Um verdadeiro devoto será firme na fé, e ora ao Senhor não por padhartham (coisas, objetos materiais ou pela satisfação de desejos mundanos), mas por para-artham (a felicidade que transcende o mundo). Ao manifestar Prema (Amor), você somente está expressando Deus, o morador de seu coração.

'Aquele que conhece o mais vasto o mais vasto se torna' ('Brahmavid Brahmaiva Bhavathi'), dizem os sábios (rishis). A afirmação védica de que 'tudo é Brahman' (sarvam Brahama mayam) é a chave da compreensão do Princípio Eterno e Universal. Brahman é a Realidade do buscador, isto é, do cosmonauta, da pessoa que afirma sua existência, tanto quanto a existência daquela outra que dela duvida ou a nega. Dizer que o Divino é uma fantasia da imaginação de alguém é ser falso para sua própria genuína verdade. O Divino é o que integra e une todas as diversidades em uma única essência. Há que modelar o intelecto e alegrar a imaginação para tornar-se capaz de fazer uma ideia de Brahman, que é mais sutil que o mais sutil, mais vasto que o mais vasto. Brahman é o impulso verdadeiro atrás de toda aspiração e realização, mesmo da aspiração de O conhecer. Ele é a atividade em cada átomo e célula, bem como em cada estrela ou galáxia."

(Sathia Sai Baba -Sadhana O Caminho Interior - Ed. Record, Rio de Janeiro, 1993 - p. 76/77)

Nenhum comentário:

Postar um comentário