OBJETIVOS DO BLOGUE

Olá, bem-vindo ao blog "Chaves para a Sabedoria". A página objetiva compartilhar mensagens que venham a auxiliar o ser humano na sua caminhada espiritual. Os escritos contém informações que visam fornecer elementos para expandir o conhecimento individual, mostrando a visão de mestres e sábios, cada um com a sua verdade e experiência. Salientando que a busca pela verdade é feita mediante experiências próprias, servindo as publicações para reflexões e como norte e inspiração na busca da Bem-aventurança. O blog será atualizado diariamente com postagens de textos extraídos de obras sobre o tema proposto. Não defendemos nenhuma religião em especial, mas, sim, a religiosidade e a evolução do homem pela espiritualidade. A página é de todos, naveguem a vontade. Paz, luz, amor e sabedoria.

Osmar Lima de Amorim


sábado, 24 de novembro de 2012

O QUE É DEUS?


“Deus é Bem-aventurança Eterna. Seu ser é amor, sabedoria e alegria. Ele é tanto impessoal quanto pessoal e Se manifesta no que quiser manifestar-Se, seja o que for, Ele aparece a Seus santos na forma que seja amada por cada um deles: um cristão vê Cristo, um hindu contempla Krishna ou a Mãe Divina, e assim por diante. Os devotos cuja adoração assume a forma impessoal tornam-se conscientes do Senhor como uma Lua infinita ou como o maravilhoso som de OM, o Verbo primordial, ou Espírito Santo. A experiência mais elevada que o homem pode ter é sentir essa Bem-aventurança na qual todos os outros aspectos da Divindade – amor, sabedoria, imortalidade – estão plenamente contidos. Como, porém, lhe posso transmitir em palavras a natureza de Deus? Ele é inefável, indescritível. Somente na meditação profunda é que vocês conhecerão a essência singular Dele.

Numerosas pessoas não pensam no Senhor como sendo pessoal; acham que uma concepção antropomórfica é limitadora. Consideram-No como o Espírito Impessoal, a Onipotência, a Força Inteligente responsável pelo universo.

Se, porém, nosso Criador fosse impessoal, como é que Ele teria criado os seres humanos? Nós somos pessoais, temos individualidade. Pensamos, sentimos, queremos, e Deus nos deu não apenas o poder de apreciar os pensamentos e os sentimentos dos outros, mas de reagir a eles. Certamente, o Senhor não está desprovido do espírito de reciprocidade que anima Suas próprias criaturas. Quando permitirmos, nosso Pai Celestial pode estabelecer e estabelecerá uma relação pessoal com cada um de nós.”

(Paramahansa Yogananda – No Santuário da Alma – 74/75)


Nenhum comentário:

Postar um comentário